Neste site colabora com a(s) seguinte(s) biografia(s):

luís vaz de camões
Fernando Pessoa
Fernão Dias Pais Leme

Mirna Queiroz



Nasce em São Paulo, em 1968.

Cursa jornalismo na Universidade Católica de Santos, anos 80.

Um emprego no SESC - Serviço Comercial de São Paulo: assessora de comunicação. O contato com os festivais de teatro de dança e de literatura.

Final da década de 80, Fernão Collor de Mello assume a presidência da República.

Trabalha na TV Bandeirantes: produção do programa Canal Livre, debates e análises dos principais acontecimentos da vida política e econômica brasileira.

Virada da década: produz o programa Opinião da TV Gazeta. Entrevistas comandadas por Washington Novaes, Carlos Brickman e Luís Nassif às principais figuras da esquerda e direita brasileiras.

Na TV Record, redatora e editora dos telejornais da casa. O proprietário, Bispo Edir Macedo, é preso. Censura nos telejornais. Demite-se.

1993: chega à Europa. Viaja, estuda italiano, história do cinema italiano e produção de vídeo em Florença, Itália.

Em Portugal, emprego na Euromonitor, recolha e análise do noticiário econômico para o grande empresariado português.

Começa a colaborar para jornais e revistas brasileiras: Jornal do Brasil, Revistas Nova, Manchete, etc...

1996: stringer do Serviço Brasileiro da Rádio BBC de Londres.

Uma das autoras do coleccionável do jornal Público, OITENTA VIDAS QUE A MORTE NÃO APAGA, coordenado por Fernando Correia da Silva.

1997: Outros desafios: muda-se para Bruxelas como correspondente da Rádio BBC de Londres.

Colabora com a Revista portuguesa Rotas e Turismo.

Escreve para Vidas lusófonas, site na Internet.