Eu sou a voz daqueles que não a têm...

dom hélder câmara

Arcebispo:
1909 - 1999



Quando tudo aconteceu...

1909: Nasce em Fortaleza do Ceará HÉLDER CÂMARA. 1917: Hélder recebe a sua primeira comunhão no Seminário da Prainha de São José (Fortaleza), 1931: Hélder Câmara é ordenado padre. 1931/33: Promove a organização de dois Sindicatos. 1932: Adere à Ação Integralista Brasileira. 1936: Rompe com o Integralismo. 1952: É ordenado Bispo do Rio de Janeiro. 1964: É ordenado Arcebispo de Recife e Olinda. 1985: Renuncia à Arquidiocese de Recife e Olinda. 1999: Morte de Hélder Câmara.

Ler mais...




TREZE FILHOS

Na cidade de Fortaleza, capital do Estado do Ceará, em 1909 nasces tu, Hélder Câmara, filho do jornalista João Eduardo Torres Câmara e da professora primária Adelaide Pessoa Câmara. És o 11º de 13 filhos. Mas dos teus 12 irmãos, 5 morreram da epidemia de gripe que assolou a região em 1905




SEMINÁRIO DA PRAINHA DE SÃO JOSÉ

Convivendo com religiosos, cedo sentes o apelo divino. Em 1917, no Seminário da Prainha de São José, dirigido pelos padres lazaristas, fazes a primeira comunhão. No mesmo Seminário frequentas e concluis o ginásio (liceu). Franzino mas arrojado, matriculas-te depois em Filosofia e Teologia. Em 15 de Agosto de1931, com autorização prévia da Santa Sé porque tens apenas 22 anos (e 24 é a idade mínima), és ordenado padre. No dia seguinte rezas a tua primeira missa.




INTEGRALISMO

O Nordeste brasileiro é região que te acabrunha: poucos são donos de tudo, muitos são donos de nada.: Tentas opor-te à discrepância. Em 1931 organizas a Legião Cearense do Trabalho e em 1933 a Sindicalização Operária Feminina Católica. Mas isso não basta para deter os vampiros em revoada. Saudando de braço direito estendido e envergando todos camisa da mesma cor, o povo apelida-os de galinhas verdes. São os militantes da Ação Integralista Brasileira (AIB), dirigida pelo escritor Plínio Salgado. Mas tu, Hélder Câmara, não embarcas em galhofas. Naqueles militantes, para além da disciplina, o que te impressiona é o fervor com que defendem DEUS, PÁTRIA e FAMÍLIA. Por isso, em 1932 aderes à AIB. Porém, passado pouco tempo, receias estar a pisar areias movediças. Chegas mesmo a dizer: - Se algum dia o Integralismo assumir um rumo inaceitável, eu pulo fora. E em 1936 pulas mesmo fora porque o Integralismo tenta repetir no Brasil a violência do fascismo italiano. Dirás mais tarde que o Integralismo foi o teu “pecado da juventude”.




EDUCAR E SOCORRER

Ainda em 1931 és nomeado director do Departamento de Educação do Estado do Ceará, cargo que exerces durante cinco anos. Em 1936 és transferido para o Rio de Janeiro, então Capital do Brasil. Ali colaboras em revistas católicas e organizas um Congresso Eucarístico Internacional. Trabalhas ainda na Secretaria de Educação do Rio de Janeiro. Porém a tua fama deriva mas é da fundação da Cruzada São Sebastião que socorre favelados, e da fundação do Banco da Providência que ampara famílias pobres. Tentas assim reproduzir os ensinamentos e a abnegação de São Francisco. Até declaras: - As pessoas são pesadas demais para serem levadas nos ombros. Levo-as no coração.




GUERRA

No Atlântico Sul submarinos alemães afundam alguns navios brasileiros. O Presidente (e ditador) Getúlio Vargas, com o apoio de Roosevelt, Presidente dos Estados Unidos da América, declara guerra à Alemanha nazi, E tu, Hélder Câmara, entalado entre duas violências, não sabes o quer dizer.




BISPO DO RIO DE JANEIRO

Em 3 de Março de 1952 és nomeado Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro. E em 20 de Abril do mesmo ano és ordenado Bispo. Portanto, já tens direito a ser tratado por Dom, Bem sei que as pompas não te seduzem, por isso vou continuar a tratar-te como sempre o tenho feito. És nomeado Secretário Geral do CONSELHO NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL, cargo que aproveitas para tentar adaptar a Igreja Católica aos tempos modernos, promovendo a sua luta incessante pela igualdade entre os homens, Chegas mesmo a incentivar: - A maneira de ajudar os outros é provar-lhes que eles são capazes de pensar.




ARCEBISPO DE RECIFE E OLINDA

Golpe e em 1964 é implantada no Brasil a Ditadura Militar. A hierarquia da Igreja bem sabe que os militares não te suportam. Por isso retiram-te da Capital e nomeiam-te Arcebispo das cidades de Recife e Olinda. Assim regressas ao Nordeste mas não ao Ceará, desta vez ao Estado de Pernambuco. Fundas várias organizações, entre elas as COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE que lutam não só contra a miséria mas também contra o autoritarismo que esmaga os direitos humanos, Os militares dão-te a alcunha de ARCEBISPO VERMELHO e tentam intimidar-te. Um dos seus Esquadrões da Morte metralha a fachada da tua casa. Outro alveja e mata o jovem Padre António Henrique Pereira da Silva Neto, teu adjunto. Recuas? Não, não recuas, até avanças, o medo não consegue travar-te, embora a própria hierarquia da Igreja hesite no apoio que te dá.. Apregoas: - Se der pão aos pobres, todos me chamam de santo. Se mostrar por que os pobres não têm pão, me chamam de comunista e subversivo. E acrescentas:- - Não há penitência melhor do que aquela que Deus coloca em nosso caminho todos os dias.
Avanças: :- É graça divina começar bem. Graça maior é persistir na caminhada certa. Mas graça das graças é não desistir nunca. E chegas mesmo a dizer a um dos militares: - Se discordas de mim, tu me enriqueces, Porém eles não querem saber dos teus discursos e proíbem o teu acesso aos Meios de Comunicação Social. Mais: proíbem que estes a ti se refiram. Estás condenado ao anonimato? Não, não estás, golpe de rins: proferes conferências não só em múltiplas universidades brasileiras mas também em várias instituições do Exterior. Sistematicamente denuncias a violência da Ditadura Militar que no Brasil, enquanto esmaga os direitos humanos, intocável deixa a miséria. Não paras de reivindicar protecção para os desprotegidos. Chegas mesmo a dizer: - Eu sou a voz daqueles que não a têm... O Papa VI apoia-te com o seu Concílio Ecuménico Vaticano II e assim se vai formando a Teologia da Libertação que alarma a Direita de todo o mundo. No Brasil a ala conservadora da hierarquia católica tenta calar-te, Não consegue, contrapões: - Deus nos ensinou a não aceitar facilidades, mas a encontrar Vida na dureza da Cruz. Os conservadores permanecem em silêncio... Encolhes os ombros, segues em frente: continuas a escrever livros que vão sendo traduzidos para vários idiomas, inglês, alemão, francês, holandês, italiano, espanhol, norueguês, sueco, dinamarquês, finlandês e japonês. Em 15 de julho de 1985 (tens 76 anos) passas a Arquidiocese de Recife e Olinda a Dom José Cardoso Sobrinho. Continuas a viver nos fundos da tua antiga Igreja de Recife. Também em 1985 se desfaz a Ditadura Militar brasileira.




ANO 2000 SEM MISÉRIA...

Em fins de 90 lanças na Fundação Joaquim Nabuco a campanha ANO 2000 SEM MISÉRIA porque muito te angustia que dois mil anos depois do nascimento de Jesus, milhares e milhares de pessoas ainda se arrastem pela miséria. A campanha porém não vai em frente porque no dia 27 de Agosto de 1999 és vitimado por uma parada cárdio-respiratória.




RENOME

Dom Hélder Câmara foi homem de renome. Entre muitos outros prémios recebeu o título de Doutor Honoris Causa de universidades dos Estados Unidos da América, Bélgica, Suíça, Alemanha, Holanda, Itália e Canadá além de 25 universidades brasileiras. 30 cidades brasileiras, 1 suíça e 1 francesa deram-lhe o título de Cidadão Honorário. Recebeu o Prémio Martin Luther King nos Estados Unidos e o Prémio Popular da Paz na Noruega. Quatro vezes foi indicado para o Prémio Nobel da Paz (uma delas sabotada pelos militares do Brasil)...